Sejam empreendimentos residenciais ou comerciais, sejam terrenos ou loteamentos, casas ou apartamentos, os imóveis são uma das formas mais tradicionais de investimento. São inúmeras as razões que fazem esse tipo de investimento ser um bom negócio. 

O investimento no mercado imobiliário é sinônimo de valorização e muita segurança, afinal, com o tempo, os imóveis mantêm seu valor ou tendem a aumentar.

Isso tudo mostra que a possibilidade de ter prejuízos ao investir em imóveis é muito baixa. É por isso que fazer investimento em imóveis é uma forma de construir um patrimônio seguro e lucrativo, combinando estabilidade com excelentes retornos.

Quando um imóvel é um investimento? 

Para que esse conceito seja absorvido de maneira correta, é preciso levar em conta a definição de quando a compra de um imóvel é considerada investimento. A premissa básica é que não seja utilizado para moradia – do comprador ou de alguém da família.

Resumindo:

Você mora no imóvel? Não é um investimento. É um bem de uso. 

Não mora no imóvel e o objetivo é alugar? É um investimento.

Não mora no imóvel e o objetivo é vender? É um investimento.

Motivos para investir em imóvel

  • O investimento é considerado um dos tipos de investimentos mais tradicionais do brasileiro. Normalmente, há tendência de valorização do imóvel, o que gera lucro na hora da revenda ou no momento de elaborar um contrato com um novo locador, já que o preço do aluguel também sobe quando o imóvel se valoriza. 
  • Se a compra for feita à vista, há possibilidade de conseguir um bom desconto, o que aumenta o potencial de lucro na revenda ou na hora do aluguel, já que o investimento inicial foi menor do que poderia ter sido no caso da compra ser feita via financiamento. 
  • Viver de renda ou garantir uma aposentadoria tranquila é o sonho de todo mundo. Receber a renda mensal do aluguel é um dinheiro extra e o início da construção desse sonho.
  • No Brasil, os contratos de aluguel são reajustados pelo INCC ou pelo IGP-M, dois índices de inflação. Ou seja, a cada ano, o valor pago pelo inquilino subirá exatamente o tanto que o preço das coisas também subir, com possibilidade de reajuste acima disso na troca de inquilino ao término do contrato.

Tipos de Rentabilidade

Existem várias maneiras de tornar o investimento em imóvel rentável, as principais são:

Aluguel por temporada: com a popularidade de sites como o Airbnb, alugar uma propriedade por uma temporada de dias, semanas ou até meses, principalmente em cidades turísticas ou com cenário econômico forte (empresas, congressos, universidades), é uma forte tendência. A ideia é bem simples: em vez de alugar o imóvel para uma pessoa morar durante um mês, por exemplo, é possível alugá-lo para alguém que vai ficar na casa ou apartamento por um dia, uma semana ou algumas semanas.Dependendo da estrutura do seu imóvel, é bem provável que a taxa de ocupação seja ótima e que o faturamento supere o do aluguel tradicional. 

Aluguel tradicional ou anual: seja para trabalho, seja para moradia, a demanda por aluguel de imóveis é algo que não acaba, já que há mais pessoas buscando por imóveis do que habitações disponíveis. Por isso, ao escolher um imóvel para investir, o resultado é ganho certo. E para que o ganho seja maior, recomendamos que seja feito um estudo da área do imóvel e o perfil das pessoas que possam ter interesse pelo aluguel.

Revenda na valorização: o famoso comprar na baixa e vender na alta”. Essa frase reflete o objetivo de qualquer investidor: o lucro. Comprar um bem para revendê-lo é uma maneira de aumentar as opções de investimento. Considerar os custos envolvidos na compra e na venda de imóveis permite que o investidor tenha certeza da melhor alternativa: imóveis construídos ou na planta.

Para garantir sucesso na negociação é importante contar com ajuda de profissionais qualificados. A Viva o Bairro é formada por uma equipe que conhece muito bem as principais regiões da cidade , que se qualifica cada vez mais para ajudar a solucionar todas as suas dificuldades encontradas no momento da venda ou compra do seu imóvel. Entre em contato!